Desenvolvimento do Pensamento Crítico no Ensino Fundamental e Médio – Professor Ideal
Desenvolvimento do Pensamento Crítico no Ensino Fundamental e Médio

Desenvolvimento do Pensamento Crítico no Ensino Fundamental e Médio

Pesquisas sugerem que um foco mais aprofundado no aprimoramento das habilidades do pensamento crítico no ensino fundamental e médio pode intensificar o desenvolvimento acadêmico e ampliar o resultado nas provas. Ao utilizar atividades para incentivar e desenvolver o pensamento crítico, os alunos são mais capazes de entender porque algo ocorreu em vez de apenas entender o que aconteceu. Esta compreensão mais aprofundada permite que os alunos analisem melhor as circunstâncias e reflitam sobre pontos de vista diferentes.

Infelizmente, quando os alunos de ensino médio chegam na faculdade, os professores geralmente são obrigados a começar ensinando habilidades de pensamento crítico, em vez de começar com o conteúdo proposto. E em alguns lugares, isso nem acontece e os alunos lutam para sobreviver no ensino superior e no mercado de trabalho.

Há muitas razões para vários professores atualmente não encorajarem os alunos a terem um pensamento crítico, e algumas delas são: a obsessão com provas, o medo de ser questionado pelos alunos e a falta de tempo dos professores para criar situações para estimular o pensamento crítico.

A fim de envolver os alunos no aprendizado e aprimoramento do pensamento crítico, o professor necessita agir como um facilitador para permitir a discussão e incentivar um processo de pensamento mais livre e uma compreensão mais crítica, criando situações nem sempre assertivas, mas com mais questionamentos.

CLIQUE NO VÍDEO  e conheça 5 DICAS PARA ESTIMULAR O PENSAMENTO CRÍTICO DOS SEUS ALUNOS

Se você quer conhecer mais técnicas para desenvolver o pesamento crítico e focadas na Metodologia Ativa, CLIQUE no E-BOOK abaixo.

 

Leia também estes artigos com ótimas dicas no assunto:

Metacognição: como e porque usar mapa conceitual

4 Estratégias Metacognitivas Para Garantir Aprendizagem

5 Comentários

  • by Vicente Posted 12 de fevereiro de 2017 09:16

    Muito bom O video e as dicas da Turia! Serão muito uteis mas minhas próximas aulas e planejamentos de curso, tanto Para o Ensino médio, quanto para o EF-2, meus atuais campos de ATUAÇÃO com física e matemática.

  • by Vicente Posted 12 de fevereiro de 2017 09:19

    Excelente! OBRIGADO, prof Turia Lopes.

    • by Túria Costa Lopes Posted 13 de fevereiro de 2017 14:47

      Obrigada pelo feedback.

  • by Rosemeire Posted 23 de março de 2018 18:11

    Olá Gostei das dicas mas não entendi muito bem das dicas 3 e 4 . Gostaria de exemplos por favor.

    • by Túria Costa Lopes Posted 27 de março de 2018 11:15

      Olá Rosemeire. Classificar e categorizar-Exemplo: Dê aos alunos uma variedade de objetos/palavras/animais e peça a eles que identifiquem cada objeto/palavra/animal e, em seguida, classifique-o em uma categoria. Objetos de sucata como plástico, papel, latas. Caranguejos e lagosta seriam crustáceos e aranhas e escorpiões seriam quelicerados. Palavras paroxítonas e proparoxítonas.
      Comparar e contrastar-Exemplo: Maçã e laranja são frutas, crescem em árvores, tem sementes, mas a maçã a pele é comestível e a laranja não. A maçã é vermelha e difícil de morder. Já a laranja é alaranjada e mais mole. Semelhanças e diferenças entre exercícios anaeróbicos e aeróbios. Comparar energia renovável e não renovável e qual o impacto que elas tem para o país. O importante é estimular o aluno a identificar e explorar o item que vai ser analisado, e desenvolver, defender e explicar seus argumentos. Espero ter ajudado!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *