Reflexão sobre a educação – Professor Ideal
Reflexão sobre a educação

Reflexão sobre a educação

A ex-assessora do Ministério de Educação da Suécia,  Inger Enkvist, tem uma opinião diferente em relação a algumas novas tendências na educação.  Ela acredita que é preciso recuperar a disciplina e a autoridade dos docentes na sala de aula. “As crianças têm que desenvolver hábitos sistemáticos de trabalho e para isso necessitam que um adulto as orientem. Aprender requer esforço e, quando se deixa os alunos escolherem, simplesmente não acontece.”

Enkvist começou sua carreira na educação como professora e durante mais de trinta anos se dedicou a estudar e comparar os sistemas educacionais de diferentes países. Além da publicação do livro Repensar a Educação (2014), escreveu mais de 250 artigos sobre educação.

Ela comenta que uma criança até pode concentrar-se em uma tarefa por iniciativa própria, mas normalmente será numa brincadeira. No ensino fundamental 1, aprender a ler e escrever ou matemática básica requer trabalho, dedicação e esforço. “É preciso haver apoio, estímulo e algum tipo de recompensa, como o sorriso de um professor ou os cumprimentos dos pais.”

Há também atualmente um debate se é necessário  o uso de testes e exames.  “Na vida adulta, todos temos prazos, momentos de entregar um texto, e isto se aprende na escola. Com os exames, a criança aprende a se responsabilizar e entende que não comparecer a uma prova tem consequências. Se não cumprimos nossas obrigações na vida adulta, logo nos veremos descartados dos ambientes profissionais. Os exames ajudam a desenvolver hábitos sistemáticos de trabalho e estudo”, diz Enkvist,

Segundo o pedagogo pedagogo britânico Ken Robinson, a escola mata a criatividade. Mas segundo Enkvist, a teoria é necessária para que surja a criatividade. Ela conta um exemplo de um músico de jazz. Ele parece que está improvisando, brincando, ma ele sabe 500 melodias de memória e usa pedaços dessas peças de forma elegante. E como ele já repetiu isso tantas vezes, parece que o faz sem esforço. Mas foi resultado de muita repetição, dedicação e trabalho duro.

Assista agora este VÍDEO onde eu falo mais sobre esse assunto e dou dicas para manter os alunos motivados e querendo aprender.

 

 

 

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *