Como ajudar os alunos a lidarem com a ansiedade e estresse que a exigência da escola e vestibulares causam – Professor Ideal
Como ajudar os alunos a lidarem com a ansiedade e estresse que a exigência da escola e vestibulares causam

Como ajudar os alunos a lidarem com a ansiedade e estresse que a exigência da escola e vestibulares causam

Você sabia que é comprovado que durante a época do vestibular os estudantes vivem expectativas, autocobrança e pressão social que muitas vezes acabam gerando estresse, ansiedade e até depressão? Diante desse contexto é importante que os professores entendam o seu papel nesse cenário e ajudem seus alunos a lidarem com as exigências do vestibular.

Descubra aqui três formas de como os professores podem ajudar seus estudantes nessa situação:

1-  Desenvolver vínculo com o aluno

2 – Criar um projeto em conjunto com a escola

3 – Saber aplicar a metodologia do Coaching na sala de aula

A primeira ação consiste em desenvolver empatia pelo aluno e pelo momento que ele está passando, ou seja, é necessário que o professor olhe para dentro de si e para dentro do outro, buscando compreender como o seu papel de educador é capaz de transformar a realidade do estudante naquele cenário. Após essa mudança de olhar, é imprescindível que o professor faça o aluno enxergar que o seu valor não está no que ele faz, na prova, curso ou faculdade que ele vai concorrer uma vaga e sim no que ele é. Assim, se ele não atingir as expectativas da sociedade, família ou escola, ainda está tudo bem, não é o final do mundo e o amanhã é um novo recomeço.

Depois que o professor trabalhar e desenvolver a sua empatia pelo aluno, ele pode levar essa questão do estresse e ansiedade para a direção da escola. Junto com a diretoria, o educador tem a chance de criar um projeto que atenda a demanda desses jovens, trabalhando temas pertinentes para eles. Nesse espaço, o estudante teria poder de voz para expor as suas maiores dificuldades, medos, fantasias e angustias relacionadas com a escola e o vestibular. Ainda, através desse canal de comunicação, os alunos têm a oportunidade de refletir e pensar sobre a vida, as escolhas e as cobranças que a sociedade, família e escola impõem a eles.

Em seguida, após criar um vínculo com o aluno e o fazer refletir sobre a vida, o professor pode aplicar a metodologia do Coaching na sala de aula. Esse processo de desenvolvimento humano é fundamentado em foco, planejamento e ação, pontos que podem colaborar com a diminuição da ansiedade e do estresse do aluno no vestibular. A ansiedade é relacionada com o futuro (tempo que  não pode ser controlado), porém com o Coaching, pode-se planejar o presente para alcançar esse futuro desejado, dando uma sensação de maior controle e consequentemente, diminuindo a ansiedade e o estresse. Essa metodologia é aplicada a partir do momento que o educador compartilha com o seu estudante como se organizar e planejar os seus estudos, estabelecendo pequenas metas, desenvolvendo atividades para aumentar o seu foco, questionando o aluno a descobrir qual o ‘porque’ que o movimenta, para assim o jovem saber construir o seu próprio caminho com vontade de alcançar o objetivo final, que nesse contexto é o vestibular.

Enfim, a partir do desenvolvimento da empatia, de instigar a reflexão do aluno e por fim de aplicar o Coaching nas escolas, o professor terá muito a contribuir e ajudar o aluno a passar por esse momento tão turbulento que é o vestibular.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *